Verdadeiramente Livres

Texto base: I Cor 6.1

Desde a queda do homem no Éden, a humanidade vive subjugada pelo pecado e por Satanás. Romanos 8.20-22 apresenta a humanidade no cativeiro da corrupção, bem como aquele que a sujeitou a tal estado. Satanás é o príncipe deste século e o dominador deste mundo tenebroso (Efésios 6.12). Infelizmente, a verdade é simples e direta: quem não está debaixo do senhorio de Deus está sob a escravidão do pecado e de satanás. Felizmente os quatro evangelhos apresentam Jesus como o libertador dos pecadores (Mt 1.21) e libertador dos cativos (Luc 4.18), passagem esta onde o próprio Cristo assume publicamente a sua missão. No mesmo versículo em Luc 4.18, Jesus diz que veio libertar os oprimidos. Quando lemos Mt 11.28 “vinde a mim todos os que estais cansados e oprimidos, que eu vous aliviarei”, temos que compreender que tais palavras falam da opressão e jugo espiritual, causados pelo pecado e por satanás.

Jesus é a verdade que liberta (João 8.32) para aqueles que O conhecem. Entretanto, essa liberdade em Cristo nos traz uma grande responsabilidade: as escolhas. Ao nos libertar do pecado Cristo não revoga o poder da escolha, pois, em Sua fidelidade, Ele nos permite o livre arbítrio, sem o qual não seríamos verdadeiramente livres. A receita para usufruirmos dessa liberdade foi descrita por Paulo em I Co 6.1 “Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas convém…”. É aqui que muitos acabam se perdendo e fazendo as escolhas erradas. É neste ponto que muitos cristãos estão perdendo o discernimento daquilo que convém segundo a palavra de Deus, pois o ponto de vista para saber o que convém é o da Palavra e não o pessoal. Como saber separar o que é bom em meio ao que o mundo nos apresenta? Simples: basta identificarmos aquilo que nos edifica (veja Rom 10.23 e versos seguintes). Essa edificação abordada por Paulo se aplica a nossa vida pessoal com Deus e especialmente à vida coletiva da Igreja. Precisamos sempre nos lembrar de que vivemos no mundo, mas não pertencemos a ele.



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s